terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Palocci e sua delação mirabolante


As denúncias de Antônio Palocci contra Lula são tão toscas e estapafúrdias que viraram motivo de piada no mundo inteiro. Seguindo o embalo, veja a seguir, com exclusividade, as próximas denúncias de Palocci que vazaram e em breve estarão circulando pela internet:

Palocci diz que Lula recebeu milhões de dólares de Darth Vader em campanha para financiar a Estrela da Morte


Palocci diz que Lula recebeu as pirâmides do Egito como propina dos Anunnaki


Palocci diz que Hitler fundou o PT da Alemanha junto com Lula


Palocci diz que Lula recebeu o Palácio de Versalhes como propina de Napoleão Bonaparte


Palocci diz que Capitu traiu Bentinho com o Lula


Palocci diz que Lula encomendou o asteroide que matou os dinossauros


Palocci diz que Lula recebeu banho de purpurina de George Soros para implantar a ditadura gayzista na Via Láctea

Esqueci mais alguma?

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Liberte o louco que há dentro de você


Não existe ninguém normal no mundo, porque a doidice é um comportamento inerente a todo indivíduo normal. Posto isso, digo sem hesitar que somos, na verdade, um bando de doidos reprimidos que achamos que é normal aderir a essa loucura coletiva chamada de "normalidade". A normalidade nada mais é que uma imposição insana de um estereótipo de loucura socialmente aceitável. E aí que vivemos na ditadura da "normalidade". Ou melhor: na ditadura da loucura coletiva. Daí que seguimos normas, padrões e comportamentos que não refletem quem nós somos. Somos apenas atores interpretando papéis socialmente construídos, escondendo o nosso verdadeiro eu por trás de máscaras.
Agimos irracionalmente ao sufocar a nossa própria loucura, achando, equivocadamente, que a normalidade é o contrário da loucura. É preciso cometer a loucura de sair desse ciclo de maluquice ditatorial para que todos nós sejamos felizes com a nossa própria loucura ao invés da loucura socialmente imposta.
Porém, não é fácil ser um louco lúcido quando todo mundo faz parte de uma loucura inconsciente, burra e demente. A loucura coletiva é sedutora, confortável e contagiante – mas só a loucura pessoal é capaz de trazer autoconhecimento, felicidade e liberdade. Temos que aprender a pensar fora do sistema, a contestar as normas e a ver o mundo sob uma ótica crítica. Quem não for capaz de fazer isso, jamais será um louco lúcido.

Liberte o louco que há dentro de você.

Um exemplo de louco lúcido.

domingo, 10 de dezembro de 2017

A reforma da previdência é o remédio errado para a doença errada


Como hoje estou sem tempo para tratar de outros assuntos, vou deixar dois vídeos educativos tratando sobre a reforma da previdência. O tal "rombo" ou "deficit" não é causado pela falta de contribuintes, mas pelos desvios de dinheiro, pelas fraudes, pelos privilégios envolvidos no processo e pela sonegação. Essa reforma da previdência é possivelmente a mais absurda de todas as reformas golpistas trazidas por Temer e sua laia de corruptos. Não podemos ficar calados.



sábado, 9 de dezembro de 2017

Pode ter Golpe Militar, sim!


Eu conversei com várias pessoas de minha confiança sobre a possibilidade de um novo golpe militar e fiquei estarrecido com o que escutei. Um dos meus mentores me disse recentemente numa conversa pela web que o Golpe Militar é o último recurso que a alta burguesia possui para manter sua supremacia. Se o parlamentarismo não der certo, se nenhum candidato do mercado decolar e se Lula ou Ciro ameaçarem vencer as eleições para fazer mudanças no sistema, pode ter certeza que os militares tomarão o poder de assalto outra vez. Os militares – ao contrário do que adoradores de patos infláveis e os olavetes tresloucados pensam – não agem por conta própria ou por "clamor popular". Os militares são subordinados à alta burguesia nacional e à plutocracia internacional. Se a burguesia quiser, terá golpe militar, sim! Inclusive, a desculpa esfarrapada de combater a "ameaça comunista" agora virou a de "evitar o caos" e de "combater a corrupção". Quem antes era acusado de "comunista" agora será acusado de "corrupto". Mas o terror, a violência, os assassinatos, a tortura, a censura e o autoritarismo serão rigorosamente os mesmos de outrora.


Então é bom que todos fiquem atentos com o desenrolar dos fatos políticos em 2018, porque se a burguesia se sentir ameaçada, o Golpe Militar será inevitável. Os generais que falaram publicamente e impunemente de "intervenção militar" já deram o recado. Só estão esperando que algo ameace desfazer as reformas golpistas que eles entrarão em ação com tanques, fuzis e violência para implantar mais uma longa ditadura. A burguesia já partiu para o tudo ou nada empurrada por mais uma crise no capitalismo. Deram golpes em Honduras, Paraguai, Brasil e estão tentando desestabilizar a Venezuela. E agora que começaram o ataque contra a democracia, não há mais como voltar atrás. A alta burguesia declarou guerra ao resto do país.
Por isso, é preciso haver uma grande mobilização popular contra um possível Golpe militar e partir para as ruas em defesa da democracia como ocorreu na Turquia num caso de tentativa de golpe. O golpe militar na Turquia foi desmontado pela própria população graças à mobilização nas ruas. E isso também precisa ser feito caso tentem o mesmo por aqui. Do contrário, serão pelo menos mais 20 anos de uma nova ditadura militar. E isso não pode mais ser tolerado na história deste país.

Os coxinhas podem até dizer com euforia que o Golpe militar será maravilhoso, que será nacionalista, que vai tocar o terror contra os "esquerdopatas", que vai "acabar" com a corrupção, etc. Mas eles também irão sofrer com esse golpe, porque a internet inteira será censurada, todo mundo vai viver sob o clima constante de medo e vigilância, liberdade individuais serão suprimidas e mesmo um coxinha desse pode ser mandado para um DOI-CODI caso alguém os acuse sem provas de "subversão".
Portanto, é preciso tomar cuidado e se preparar para defender a democracia.

Ditadura NUNCA MAIS!

Única resposta possível a um golpe militar fascista

PS: É óbvio que há uma revolta legítima da maior parte da população contra o atual governo, mas em hipótese alguma golpes de Estado são soluções para isso. A solução para isso é o respeito à democracia e às vozes das urnas.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

O Brasil tem a direita mais troglodita do mundo


Diferentemente da direita europeia, que é mais civilizada, a direita brasileira é formada em sua maioria por um bando de apedeutas completamente desconexos com a realidade. Fruto de uma mídia burguesa parcial, de um ensino que não estimula o pensamento crítico e de uma sociedade historicamente desigual e elitista, essa direita tem crescido cada vez mais.

Existem basicamente três direitas no Brasil. A primeira delas e a mais antiga de todas é a direita reacionária. Essa é aquela direita fascista e conspiranoica que quer a volta da ditadura militar, que é falsa moralista e que é contra todo e qualquer avanço social por ser cristã fundamentalista. Os integrantes dessa direita invariavelmente são idólatras do astrólogo de extrema direita Olavo de Carvalho e consideram Bolsonaro uma espécie de Messias. O segundo tipo de direita é a neoliberal. Essa até defende liberdades individuais, mas carece de empatia por apoiar o massacre total da burguesia contra os trabalhadores. Essa direita é a apoiadora número um das reformas ultraliberais colocadas em prática por Michel Temer e aplaude de pé todo o entreguismo e privataria criminosa das nossas estatais. Já o terceiro tipo de direita é a anarcocapitalista. Essa direita vive no mundo da fantasia, cega pela utopia de que o capitalismo pode sobreviver sem o "Estado malvadão". Os ancaps são aqueles que acham super normal o comércio de bebês e a escravidão por dívidas. Eles vivem num mundo onde o mercado é uma espécie de entidade sagrada na Terra.


Enquanto a direita europeia respeita a escolha das urnas, respeita o funcionalismo público, oferece serviços públicos de qualidade e tem um mínimo de patriotismo, a nossa é essa podreira tóxica impossível de ser reciclada. Como bem disse o ator Pedro Cardoso (que mora há alguns anos em Portugal), "a direita europeia se parece muito com esquerda brasileira". Estamos décadas de atraso atrás da Europa e não há nenhuma perspectiva de mudança nas próximas gerações. E ainda há quem culpe a esquerda pelo Brasil estar na latrina que está....